Como manter alimentos frescos e evitar o desperdício utilizando embalagens ecologicamente corretas - Ciência e Engenharia de Materiais

Hot

quinta-feira, 2 de julho de 2020

Como manter alimentos frescos e evitar o desperdício utilizando embalagens ecologicamente corretas

Resumo: Cerca de um terço de todo o alimento produzido para consumo humano são perdidos ou desperdiçados globalmente a cada ano. Portanto, há uma necessidade crescente de desenvolver materiais de embalagens inovadoras que estendam a vida útil dos alimentos para reduzir o desperdício.


Grande parte dos alimentos produzidos no mundo são perdidos. Desperdiçar comida levanta preocupações econômicas, éticas e preocupa também pelos impactos ambientais. O projeto YPACK vem criando embalagens ecologicamente corretas na forma de bandejas e películas protetoras para garantir que os alimentos possam ser mantidos frescos por mais tempo e para que não prejudique o meio ambiente. A embalagem sustentável YPACK é feita de subprodutos alimentares, como soro de queijo e cascas de amêndoa que, de outra forma, poderiam ser jogados fora.

 

A embalagem é feita a partir de um biopolímero sustentável, poli (3-hidroxibutirato-co-3-hidroxivalerato), produzido a partir de soro de queijo e micro-celulose a partir de cascas de amêndoa. Foi descoberto que a integração do óxido de zinco e do óleo essencial de orégano ajuda a proteger contra a contaminação bacteriana nas embalagens de alimentos.


As embalagens de alimentos produzidas por esse biopolímero pode se degradar em 90 dias. Essas novas descobertas indicam o potencial das embalagens biopoliméricas para aumentar a vida útil de produtos frescos, como carne, frutas e massas frescas. O coordenador do projeto, Dr. José María Lagarón, comenta: "Vemos um futuro muito brilhante para materiais de embalagem reciclados, contanto que a embalagem seja funcional. Isso significa que ele pode substituir material não ecológico existente. O principal aspecto é que a embalagem, no final da vida útil, pode ser descartado com o restante dos resíduos orgânicos".


A pesquisa aponta para as propriedades antimicrobianas dos compostos de óxido de zinco e óleo de orégano que protegem contra duas bactérias que podem causar intoxicação alimentar, Staphylococcus aureus e Escherichia coli.

De acordo com o coordenador do projeto, foi estudada embalagens para frutas cortadas e carne crua, e embalagens que podem ser abertas e fechadas várias vezes, como sacos de pão e pacotes de fatias de presunto. Os parceiros da YPACK observam "que a melhoria da vida útil em 20% e 50% tem o potencial de reduzir o desperdício de alimentos de 12,5% a 30%, respectivamente".


O projeto YPACK (Embalagem à base de polihidroxialcanoatos de alto desempenho para minimizar o desperdício de alimentos) terminará em outubro de 2020. Um comunicado no site do projeto afirma que os testes de validade de produtos alimentares nas embalagens YPACK “estão planejados para carne, pepinos para bebês e massas frescas".


Referência:
CORDIS. How to prolong shelf life and avoid food waste. phys.org, 24 de junho de 2020.

Redação: Nathielle Harka